Expedição recolhe lixo de dois riachos em Foz do Iguaçu

Além de apreciar belas paisagens, durante todo o dia, os participantes da expedição vão recolher o lixo que é depositado nos riachos Carimã e Arroio Pé Feio

Uma iniciativa vai tirar todo mundo de casa neste sábado (21), em Foz do Iguaçu. Em comemoração ao Dia Mundial de Limpeza de Rios e Oceanos, a Iguassu Secret Falls fará uma expedição diferente por dois riachos da Terra das Cataratas.

Além de apreciar belas paisagens, durante todo o dia, os participantes da expedição vão recolher o lixo que é depositado nos riachos Carimã e Arroio Pé Feio, locais onde são feitas expedições por turistas do mundo todo.

O evento é gratuito, mas os participantes precisam confirmar a presença até o dia 20 de setembro direto com a Iguassu Secret Falls.

As atividades serão realizadas das 9h15 às 17h. O ponto de encontro é a Sede da Iguassu Secret Falls que fica na Rua Manêncio Martins, nº 21, na Vila Yolanda (Camping Internacional) em Foz do Iguaçu. O almoço será um piquenique compartilhado, ou seja, cada um contribui com um prato. Para mais informações, você pode entrar em contato direto com os organizadores pelos telefones e whatsApp: (45) 98407-2468/ (45) 99949-4000 ou pelas redes sociais: @Iguassusecretfalls / fb.com/iguassusecretfalls.

Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias

Desde 1986, a “The Ocean Conservancy”, uma ONG norte-americana promove em todo o planeta o Dia Mundial de Limpeza de Praias (“International Coastal Cleanup Day”).

Durante este evento, que sempre ocorre no terceiro final de semana de setembro de cada ano, voluntários em todas as partes do mundo vão às praias e rios coletar o lixo lá depositado diretamente pelos usuários locais ou por descargas no mar por navios ou por rios.

Cada voluntário, anota em um formulário padrão as quantidades recolhidas de cada item que compõem o lixo sólido. Estes dados são utilizados pela “The Ocean Conservancy” para fazer estatísticas que retratem o estado de poluição dos oceanos de nosso planeta.
O Dia Mundial de Limpeza de Praias vem tendo uma participação crescente de voluntários no Brasil e no mundo. Atualmente, mais de 25 instituições brasileiras tem participado deste esforço mundial, o qual passou a incluir além das praias, os rios e os lagos.

Com as informações sobre o material recolhido, a ONG consegue fazer um levantamento dos materiais perigosos que são recolhidos nos mares e rios e trabalhar para evitar que esse tipo de material seja depositado nos rios e mares do mundo todo.

Com informações da Gemars.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Message Us on WhatsApp