loading...

Blog

O que trazer na mala para Foz do Iguaçu? (Inverno)

Escolher o que fazer em Foz do Iguaçu, com tantas atividades, não é tarefa fácil. Dá vontade de fazer tudo. A organização no roteiro é essencial para aproveitar ao máximo nosso Destino. Depois dos passeios escolhidos e a programação definida, é hora de decidir o que colocar na mala. E o Visite Iguaçu vai te ajudar a montar uma mala para essa época do ano, quando o friozinho começa a aparecer.

Aqui em Foz do Iguaçu, muitos passeios são feitos à céu aberto e em contato constante com a natureza, como nas Cataratas do Iguaçu e as trilhas dentro do Parque Nacional. Por isso é importante vir preparado para todas as ocasiões.

Com temperaturas médias de 20° C durante o dia e noites, às vezes, com 12° C, as roupas de frio, como moletom e calças são itens indispensáveis. Lembre-se, você estará em um local que te proporcionará grande contato com a natureza, com passeios de aventura.

Além dos itens básicos, é essencial trazer repelente, protetor solar e óculos de sol. As trilhas dentro da mata e a longa exposição ao sol, em grande parte dos passeios, pedirão estes itens.

Fonte: https://iguassu.com.br/o-que-trazer-na-mala-para-foz-do-iguacu-inverno/

Viagem pela história da gastronomia brasileira

A culinária brasileira é, realmente, algo fascinante. Internacionalmente famosa pelo churrasco e a feijoada, o Brasil revela muito mais do que isso, e a evolução dos pratos, ao longo dos anos, é fascinante. Repleta de influências étnicas, a cozinha brasileira está em constante evolução. Rica e saborosa, resgatar a história desta parte importante da nossa cultura, é algo extraordinário e enriquecedor.

Muitas vezes, convencionados, não prestamos atenção, que por de trás do preparo de cada prato, existe a lógica do uso de cada ingrediente e a influência cultural.

Nesta Cozinha Show, temperada de surpresas, o chef Fabio del Antonio, convida-nos para embarcar numa viagem pela culinária brasileira, desvendando os segredos desta parte saborosa do nosso país e um de nossos maiores patrimônios. Dividido em seis tempos, os pratos não são, simplesmente, preparados e servidos. Eles são explicados, desde o uso dos ingredientes até a forma de preparo.

Fonte: https://iguassu.com.br/viagem-pela-historia-da-gastronomia-brasileira/

Uma Aventura no Rio Iguaçu

No pergolado, retirado do centro da cidade, começa a aventura. O som do canto dos pássaros, mesclado com o balançar calmo das copas das árvores, desconecta das preocupações. No ar puro do sítio, dei os primeiros passos no meio da mata, reconstituindo o caminho dos índios que viveram nesta região há muitos anos.

Logo no início, o córrego tranquilo, que passa por debaixo da ponte de madeira, vai levando entre as árvores abundancia de vida, dando forma à cachoeira que veríamos mais à frente. O barulho da água é trilha sonora para a caminhada que tem nível médio de dificuldade.

O biólogo nos acompanha e, na mata rica de história, os conhecimentos se afloram. As explicações e curiosidades são passadas no percurso até o rio, que tem aproximadamente 500 metros. Além do interesse em conhecer sobre a fauna e flora da região, é preciso levar calçados firmes e repelente, afinal, entraremos em uma mata praticamente intocada pela interferência humana.

Fonte: https://iguassu.com.br/uma-aventura-no-rio-iguacu/

1
Olá podemos lhe ajudar?
Powered by