Blog

Expedição recolhe lixo de dois riachos em Foz do Iguaçu

Além de apreciar belas paisagens, durante todo o dia, os participantes da expedição vão recolher o lixo que é depositado nos riachos Carimã e Arroio Pé Feio

Uma iniciativa vai tirar todo mundo de casa neste sábado (21), em Foz do Iguaçu. Em comemoração ao Dia Mundial de Limpeza de Rios e Oceanos, a Iguassu Secret Falls fará uma expedição diferente por dois riachos da Terra das Cataratas.

Além de apreciar belas paisagens, durante todo o dia, os participantes da expedição vão recolher o lixo que é depositado nos riachos Carimã e Arroio Pé Feio, locais onde são feitas expedições por turistas do mundo todo.

O evento é gratuito, mas os participantes precisam confirmar a presença até o dia 20 de setembro direto com a Iguassu Secret Falls.

As atividades serão realizadas das 9h15 às 17h. O ponto de encontro é a Sede da Iguassu Secret Falls que fica na Rua Manêncio Martins, nº 21, na Vila Yolanda (Camping Internacional) em Foz do Iguaçu. O almoço será um piquenique compartilhado, ou seja, cada um contribui com um prato. Para mais informações, você pode entrar em contato direto com os organizadores pelos telefones e whatsApp: (45) 98407-2468/ (45) 99949-4000 ou pelas redes sociais: @Iguassusecretfalls / fb.com/iguassusecretfalls.

Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias

Desde 1986, a “The Ocean Conservancy”, uma ONG norte-americana promove em todo o planeta o Dia Mundial de Limpeza de Praias (“International Coastal Cleanup Day”).

Durante este evento, que sempre ocorre no terceiro final de semana de setembro de cada ano, voluntários em todas as partes do mundo vão às praias e rios coletar o lixo lá depositado diretamente pelos usuários locais ou por descargas no mar por navios ou por rios.

Cada voluntário, anota em um formulário padrão as quantidades recolhidas de cada item que compõem o lixo sólido. Estes dados são utilizados pela “The Ocean Conservancy” para fazer estatísticas que retratem o estado de poluição dos oceanos de nosso planeta.
O Dia Mundial de Limpeza de Praias vem tendo uma participação crescente de voluntários no Brasil e no mundo. Atualmente, mais de 25 instituições brasileiras tem participado deste esforço mundial, o qual passou a incluir além das praias, os rios e os lagos.

Com as informações sobre o material recolhido, a ONG consegue fazer um levantamento dos materiais perigosos que são recolhidos nos mares e rios e trabalhar para evitar que esse tipo de material seja depositado nos rios e mares do mundo todo.

Com informações da Gemars.

O que trazer na mala para Foz do Iguaçu? (Inverno)

Escolher o que fazer em Foz do Iguaçu, com tantas atividades, não é tarefa fácil. Dá vontade de fazer tudo. A organização no roteiro é essencial para aproveitar ao máximo nosso Destino. Depois dos passeios escolhidos e a programação definida, é hora de decidir o que colocar na mala. E o Visite Iguaçu vai te ajudar a montar uma mala para essa época do ano, quando o friozinho começa a aparecer.

Aqui em Foz do Iguaçu, muitos passeios são feitos à céu aberto e em contato constante com a natureza, como nas Cataratas do Iguaçu e as trilhas dentro do Parque Nacional. Por isso é importante vir preparado para todas as ocasiões.

Com temperaturas médias de 20° C durante o dia e noites, às vezes, com 12° C, as roupas de frio, como moletom e calças são itens indispensáveis. Lembre-se, você estará em um local que te proporcionará grande contato com a natureza, com passeios de aventura.

Além dos itens básicos, é essencial trazer repelente, protetor solar e óculos de sol. As trilhas dentro da mata e a longa exposição ao sol, em grande parte dos passeios, pedirão estes itens.

Fonte: https://iguassu.com.br/o-que-trazer-na-mala-para-foz-do-iguacu-inverno/

Viagem pela história da gastronomia brasileira

A culinária brasileira é, realmente, algo fascinante. Internacionalmente famosa pelo churrasco e a feijoada, o Brasil revela muito mais do que isso, e a evolução dos pratos, ao longo dos anos, é fascinante. Repleta de influências étnicas, a cozinha brasileira está em constante evolução. Rica e saborosa, resgatar a história desta parte importante da nossa cultura, é algo extraordinário e enriquecedor.

Muitas vezes, convencionados, não prestamos atenção, que por de trás do preparo de cada prato, existe a lógica do uso de cada ingrediente e a influência cultural.

Nesta Cozinha Show, temperada de surpresas, o chef Fabio del Antonio, convida-nos para embarcar numa viagem pela culinária brasileira, desvendando os segredos desta parte saborosa do nosso país e um de nossos maiores patrimônios. Dividido em seis tempos, os pratos não são, simplesmente, preparados e servidos. Eles são explicados, desde o uso dos ingredientes até a forma de preparo.

Fonte: https://iguassu.com.br/viagem-pela-historia-da-gastronomia-brasileira/

Uma Aventura no Rio Iguaçu

No pergolado, retirado do centro da cidade, começa a aventura. O som do canto dos pássaros, mesclado com o balançar calmo das copas das árvores, desconecta das preocupações. No ar puro do sítio, dei os primeiros passos no meio da mata, reconstituindo o caminho dos índios que viveram nesta região há muitos anos.

Logo no início, o córrego tranquilo, que passa por debaixo da ponte de madeira, vai levando entre as árvores abundancia de vida, dando forma à cachoeira que veríamos mais à frente. O barulho da água é trilha sonora para a caminhada que tem nível médio de dificuldade.

O biólogo nos acompanha e, na mata rica de história, os conhecimentos se afloram. As explicações e curiosidades são passadas no percurso até o rio, que tem aproximadamente 500 metros. Além do interesse em conhecer sobre a fauna e flora da região, é preciso levar calçados firmes e repelente, afinal, entraremos em uma mata praticamente intocada pela interferência humana.

Fonte: https://iguassu.com.br/uma-aventura-no-rio-iguacu/

Message Us on WhatsApp